associação comercial e industrial de arcos de valdevez e ponte da barca

Novo apoio à contratação. Varia entre os 5.000 e os 9.500 euros

in Notícias Gerais
Criado em 17 dezembro 2021

Vem aí o novo apoio à contratação. Empresas podem candidatar-se a partir de janeiro

Governo estima que o novo apoio possa abranger 30 mil pessoas. Será pago diretamente às empresas.

O Governo aprovou, no dia 16 de dezembro, o reforço do Plano Nacional de Implementação de uma Garantia Jovem que contempla a criação de um novo apoio à contratação, cujo valor pode ser majorado, prevendo-se que possa abranger 30 mil pessoas. Este incentivo, que será pago diretamente às empresas, varia entre os 5.000 e os 9.500 euros

"Será uma medida de apoio direto às empresas que contratem trabalhadores com contrato permanente", havendo o objetivo de chegar "a cerca de 30 mil pessoas com um apoio que varia entre os cinco mil euros e os 9.500 euros que é majorado em função de alguns critérios", disse a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, na conferência de imprensa do Conselho de Ministros. 

Em que situações o valor pode ser majorado?

Entre os critérios que podem dar origem a uma majoração do valor do apoio, Ana Mendes Godinho apontou situações em que em causa esteja a contratação de jovens até aos 35 anos de idade, a contratação de pessoas para trabalhar no interior do país ou em situações em que o salário oferecido supere os dois salários mínimos nacionais, ou seja, supere os 1.410 euros.

O aviso desta medida, disse ainda a ministra, será publicado em janeiro.

Contudo, de acordo com o Jornal de Negócios, que cita o projeto de diploma que foi enviado às confederações patronais e sindicais, para beneficiarem do apoio é necessário que as empresas publicitem a oferta de emprego no IEFP, celebrem contrato de trabalho sem termo com um desempregado inscrito no centro de emprego e ofereçam formação. Além disso, devem manter o nível de emprego durante dois anos.

Fonte: noticiasaominuto.com, 17/12/2021