associação comercial e industrial de arcos de valdevez e ponte da barca

8 Lições de empreendedorismo a aprender com o seu gato

in Notícias Gerais
Criado em 18 abril 2019

Pensa que o molengão do seu gato não tem nada a ensinar-lhe sobre empreendedorismo? Pense de novo. Estas são as 7 lições de empreendedorismo a aprender com o seu pequeno animal de estimação. 

  1. Como ser independente

Um gato é um animal independente, que vive bem por si próprio. Um empreendedor deve ser autoconfiante e remar por vezes contra a maré. Em certas ocasiões, ele estará unicamente dependente de si, e terá de saber lidar com isso.

  1. Como ser persistente 

Tal como o gato lhe mia persistentemente a pedir comida e só se cala quando a consegue, também você deve ser persistente e acreditar que conseguirá ter, mais cedo ou mais tarde, aquilo que deseja. Por mais difícil que lhe pareça um objetivo, nunca desista do mesmo.

  1. É preciso ter reflexos

Um felino é conhecido pelos seus excelentes reflexos. Também o empreendedor deve saber reagir rapidamente às condições adversas que se lhe colocam e às situações mais variadas que o seu negócio conhece. 

  1. A curiosidade colhe frutos

Como ser um grande empreendedor sem um forte sentido de curiosidade? Que se saiba, a curiosidade nunca matou o empreendedor.

  1. É necessário estar sempre à procura

Da mesma forma que o gato desaparece por uns tempos para procurar companhia, o empreendedor deve sondar e estudar o mercado onde atua, prestar atenção às janelas de oportunidade, fazer parcerias e conseguir vencer a concorrência.  

  1. Quando atacar uma presa

O oportunismo é uma das principais características do empreendedor de sucesso. Tal como o gato ataca a sua presa no momento H, depois de esperar pacientemente por muito tempo, o empreendedor deve igualmente saber agarrar a oportunidade quando a encontra. Mais vale um pássaro na mão do que dois a voar...

  1. Ter um vida dupla

Um gato aparenta ter vida dupla, descansando de dia e mexendo-se à noite. O empreendedor também deve saber distinguir a vida profissional da pessoal e não negligenciar nenhuma delas.

Misturar contas pessoais e empresariais é um dos erros que pode matar uma empresa.

  1. Também é preciso descansar

A última lição a aprender com o seu gato é que a vida também é feita de descanso. Desligue-se dos contactos telefónicos e dos e-mails fora do horário de trabalho. Desligue-se da tecnologia por um pouco e aprecie uma simples sesta ou alguns raios de sol na pele. Faça férias. Desfrute da vida.

 

Fonte: economias.pt, 03/11/16