associação comercial e industrial de arcos de valdevez e ponte da barca

Como Sair de uma Crise de Vendas

in Notícias Gerais
Criado em 18 janeiro 2019

Como sair de uma crise de vendas é uma questão que todos os empresários se devem colocar. Mesmo que não estejam a atravessar um momento difícil, para saberem de antemão como reagir.

Uma crise de vendas não é, necessariamente, o fim do seu negócio. Há estratégias que podem ajudá-lo a inverter a situação ou, pelo menos, a encontrar o caminho certo para a recuperação das vendas.

Atrair novos clientes

Mesmo que a conjuntura não seja economicamente a mais favorável, uma forma de sair de uma crise de vendas pode ser a prospeção do mercado e consequente alargamento do leque de clientes. Se os que tem como certos já não compram como dantes, tente conquistar novos clientes que possam trazer alguma lufada de ar fresco ao volume de vendas.

Campanha de fidelização

Ao mesmo tempo que tenta atrair novos clientes, tente trazer de volta os que já foram mais rentáveis para o seu negócio. Contacte-os, tente perceber o que os afastou e porque compram menos ou deixaram simplesmente de comprar. Faça-os regressar disponibilizando uma campanha de fidelização. Pode aproveitar um artigo ou serviço novo para os atrair e oferecer-lhes desconto permanente na aquisição dos restantes ou algum brinde a partir de determinado volume de compras.  

Preços mais baixos

Admitindo que a diminuição do poder de compra foi o que determinou a crise de vendas da sua empresa, procure oferecer preços mais competitivos aos seus clientes. Não se trata aqui de vender tudo a preço de saldo e reduzir significativamente a margem de lucro, mas antes de tentar negociar outras condições de compra ou formas de pagamento com os fornecedores.

Promova o negócio

Ao vender menos, a tendência natural é para cortar nas despesas. E uma das primeiras de que os empresários abdicam é a publicidade. Não é a receita ideal para sair de uma crise de vendas. Pelo contrário. É nestes momentos que precisa promover o negócio. Pode ser publicidade paga ou investir menos criando um site na internet ou utilizando as redes sociais como o Facebook para promover a actividade.

Se optar por uma página na Internet, informe-se sobre os cuidados a ter na criação do site.

Fonte: economias.pt, consultado a 18/01/2019