associação comercial e industrial de arcos de valdevez e ponte da barca

Qual a diferença entre usar o multibanco ou a ATM?

in Notícias Gerais
Criado em 25 julho 2018

As comissões cobradas pela empresa Euronet, dos ATM, tem sido alvo de polémica. Perceba o porquê destas taxas e o que podem os consumidores fazer.

Qual é a polémica?

É comum chamar multibanco a qualquer caixa automática da rede SIBS. No entanto, há em Portugal outras ofertas. É o caso da rede ATM, da empresa Euronet Worldwide, que tem sido, nas últimas semanas, alvo de polémica após o jornal Sol ter noticiado que a rede cobra taxas nos levantamentos.

Quais são as queixas?

Vinte, 15 ou 10 euros pagos num levantamento que parecia normal. São várias, e variáveis, as queixas de consumidores no Portal da Queixa. A maioria alega que fez um levantamento e foi cobrada uma comissão que não esperava. No total, há 21 taxas no portal.

O que é a ATM da Euronet?

Fundada na Hungria em 1994, a rede Euronet destina-se principal a turistas e outros estrangeiros, sendo que pretende facilitar a realização operações bancárias a detentores de contas estrangeiras. São possíveis três operações: transferências, sistema de pré-pagamentos e levantamentos. Dado o público-alvo, são mais comuns em locais como aeroportos e nas maiores cidades do país.

Porque é que são cobradas comissões?

As comissões são cobradas pela Euronet porque os levantamentos são realizados a crédito. A Deco explicou ao Jornal Económico que cartões de débito não têm este problema. Existe, sim, no caso de cartões duais: quando há a opção de levantamento a débito ou a crédito (cash advance), a opção standard é a de crédito (na SIBS, é o débito), o que explica as taxas. Estas são variáveis consoante as condições da conta e do banco de cada utilizador.

O que se pode fazer?

Os consumidores devem, por isso, estar atentos à opção que lhes oferecido quando vão levantar dinheiro. O sistema pode assumir que é um levantamento a crédito, mas permitir que seja feita a alteração para débito. Caso a operação já tenha sido realizada, a única opção é contactar a Euronet. No entanto, das 21 reclamações no Portal da Queixa, apenas uma obteve resposta.

Fonte: jornaleconomico.sapo.pt, 25/7/2018