associação comercial e industrial de arcos de valdevez e ponte da barca

IMI: Estes são os 222 concelhos que vão dar desconto às famílias

in Notícias Gerais
Criado em 09 janeiro 2018

A redução do imposto aplica-se a imóveis de habitação própria e permanente.

As famílias com filhos vão ter uma redução no Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) em 222 concelhos. Um filho significa um desconto de 20 euros, dois 40 euros e três ou mais filhos 70 euros, explicita o “Correio da Manhã” desta terça-feira.

A redução do imposto aplica-se a imóveis de habitação própria e permanente e acontece de forma automática. Por exemplo, Lisboa, Braga, Cascais, Loures e Tavira terão esse benefício fiscal. Os concelhos de Viseu e Entroncamento fazem desconto a partir dos dois filhos.

Veja aqui a lista completa dos Concelhos que fazem descontos:

Abrantes

 Águeda

 Aguiar da Beira

 Albergaria-a-Velha

 Albufeira

 Alcanena

 Alcobaça

 Alcoutim

 Alenquer

 Aljezur

 Almeida

 Almodôvar

 Alvaiázere

 Amarante

 Anadia

 Angra do Heroísmo

 Arcos de Valdevez

 Arganil

 Armamar

 Arouca

 Arronches

 Arruda dos Vinhos

 Avis

 Azambuja

 Barcelos

 Batalha

 Beja

 Belmonte

 Bombarral

 Boticas

 Braga

 Bragança

 Cabeceiras de Basto

 Cadaval

 Caldas da Rainha

 Calheta (Açores)

 Calheta (Madeira)

 Câmara de Lobos

 Campo Maior

 Cantanhede

 Carrazeda de Ansiães

 Carregal do Sal

 Cascais

 Castelo Branco

 Castelo de Paiva

 Castelo de Vide

 Castro Daire

 Celorico de Basto

 Chamusca

 Chaves

 Cinfães

 Condeixa-a-Nova

 Constância

 Coruche

 Covilhã

 Crato

 Elvas

 Entroncamento

 Esposende

 Estarreja

 Fafe

 Faro

 Felgueiras

 Ferreira do Alentejo

 Ferreira do Zêzere

 Figueira da Foz

 Fig. Castelo Rodrigo

 Figueiró dos Vinhos

 Fronteira

 Funchal

 Fundão

 Góis

 Golegã

 Gouveia

 Guarda

 Guimarães

 Horta

 Idanha-a-Nova

 Ílhavo

 Lagoa

 Lagoa (Açores)

 Lagos

 Lajes das Flores

 Lajes do Pico

 Lamego

 Leiria

 Lisboa

 Loulé

 Loures

 Lourinhã

 Lousã

 Lousada

 Mação

 Macedo de Cavaleiros

 Machico

 Madalena

 Mafra

 Mangualde

 Marinha Grande

 Marvão

 Mealhada

 Melgaço

 Mértola

 Mira

 Miranda do Corvo

 Miranda do Douro

 Mirandela

 Mogadouro

 Moimenta da Beira

 Monção

 Monchique

 Monforte

 Montalegre

 Montemor-o-Velho

 Montijo

 Mortágua

 Murça

 Murtosa

 Nisa

 Óbidos

 Odivelas

 Oleiros

 Oliveira de Azeméis

 Oliveira do Bairro

 Oliveira do Hospital

 Ourém

 Ovar

 Paços de Ferreira

 Pampilhosa da Serra

 Paredes

 Pedrógão Grande

 Penacova

 Penafiel

 Penalva do Castelo

 Penamacor

 Penedono

 Penela

 Peniche

 Peso da Régua

 Pinhel

 Pombal

 Ponta Delgada

 Ponta do Sol

 Ponte da Barca

 Ponte de Lima

 Ponte de Sor

 Portalegre

 Portel

 Porto de Mós

 Porto Moniz

 Póvoa de Lanhoso

 Póvoa de Varzim

 Povoação

 Praia da Vitória

 Proença-a-Nova

 Redondo

 Reguengos Monsaraz

 Resende

 Ribeira Brava

 Ribeira de Pena

 Ribeira Grande

 Rio Maior

 Sabugal

 Santa Cruz

 Sta. Cruz da Graciosa

 Santa Cruz das Flores

 Santa Maria da Feira

 Sta. Marta Penaguião

 Santana

 Santo Tirso

 São Brás de Alportel

 São João da Madeira

João da Pesqueira

 São Pedro do Sul

 São Roque do Pico

 São Vicente

 Sardoal

 Sátão

 Seia

 Sertã

 Sesimbra

 Sever do Vouga

 Silves

 Sines

 Soure

 Sousel

 Tábua

 Tarouca

 Tavira

 Terras de Bouro

 Tomar

 Tondela

 Torre de Moncorvo

 Torres Vedras

 Trancoso

 Vagos

 Vale de Cambra

 Valença

 Valongo

 Valpaços

 Velas

 Vendas Novas

 Viana do Alentejo

 Viana do Castelo

 Vieira do Minho

 Vila de Rei

 Vila do Porto

 Vila Flor

 Vila Franca de Xira

Nova da Barquinha

 Vila Nova de Cerveira

Nova de Famalicão

 Vila Nova de Foz Côa

 Vila Nova de Paiva

 Vila Pouca de Aguiar

 Vila Real

 Vila Verde

 Vila Viçosa

 Vimioso

 Vinhais

 Viseu

Já ontem o “Diário de Notícias” dava conta de que os moradores de 52 concelhos do país vão pagar menos de IMI em 2018, enquanto nove autarquias vão subir a taxa e 234 optaram por mantê-la inalterada, citando os dados disponíveis no Portal das Finanças.

A informação disponibilizada pelo DN informava que este ano 19 municípios vão cobrar o imposto no intervalo dos 0,45% a 0,5%. Alguns desses concelhos são, por exemplo, Portimão, Santa Comba Dão, Santarém, Alandroal ou Alfândega da Fé.

Fonte: jornaleconomico.sapo.pt, 9/1/2018