associação comercial e industrial de arcos de valdevez e ponte da barca

Como fazer um plano de negócios bem sucedido

in Notícias Gerais
Created: 06 November 2019

Saiba como fazer um plano de negócios que ajude a alcançar os seus objetivos, devendo este ter uma estrutura e características específicas. Saiba tudo aqui.

Saber como fazer um plano de negócios de forma correta é muito importante para quem quer ser bem sucedido ao lançar um negócio ou criar uma empresa, uma vez que ao elaborar este documento estará a fazer uma sistematização e apresentação de um projeto a nível estratégico. Esta poderá ser uma forma de obter alguma estabilidade no seu plano, podendo evitar assim alguns riscos e períodos difíceis no arranque do seu negócio.

COMO FAZER UM PLANO DE NEGÓCIOS

Por outras palavras, um plano de negócios é uma ferramenta orientadora que deve incluir uma informação crítica que seja decisiva na hora de juntar potenciais parceiros ou investidores, sendo a existência de ambos importantes se quiser que o seu negócio tenha sucesso no mercado. É através do mesmo que poderá conseguir fundos que tornem possível a materialização da sua ideia junto de potenciais fornecedores ou investidores, entre eles os Bancos, Investidores Particulares, Sociedades de Capital de Risco e Instituições Oficiais, entre outros.

Para tal, o documento deverá sistematizar a informação sobre qual é a ideia de negócio do interessado, como o mesmo tenciona implementá-la e quais os resultados que espera obter. Isto significa que terá de ocorrer uma grande pesquisa de dados referentes ao projeto antes de começar a elaborar o plano. É igualmente importante pedir a colaboração de especialistas externos em algumas matérias que devem constar do plano, entre elas as da vertente financeira e da viabilidade económica do projeto.

Estruture bem o seu plano de negócios

Como fazer um plano de negócios de forma bem estruturada? Apesar de não haver uma única opção de estruturação, partilhamos consigo aquela que é sugerida pelo Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPMEI), a qual destaca os seguintes tópicos:

  • Breve sumário do projeto
  • Apresentação do criador e do projeto
  • Contextualização do mercado e da envolvente externa
  • Definição de metas e objetivos
  • Estratégia comercial
  • Estrutura da empresa
  • Elaboração de previsões financeiras
  • Controlo e gestão do negócio
  • Investimento necessário
  • Anexar documentos e outra informação

Selecione corretamente as informações do plano

Cada um dos tópicos apresentados deve conter uma informação clara e concisa, para que não desperte dúvidas sobre que negócio se está a tratar. Cuidado com erros ortográficos, pois poderá afastar possíveis interessados no projeto.

Breve sumário do projeto

Também conhecido como Sumário Executivo, esta parte da estrutura do seu plano de negócios é considerada uma espécie de cartão de visita para potenciais investidores. Como tal, não deverá ser muito extenso e sim chamativo, simples e objetivo, sendo o máximo de duas páginas o aconselhável para a realização deste sumário, que deverá ser como a sinopse de um filme. É através do sumário que estará a vender o seu projeto, pois se o mesmo não cativar o leitor, é possível que este desista de ler as restantes informações do plano de negócios. No texto não podem faltar informações como:

  • Nome do negócio;
  • Identificação do serviço ou produto;
  • Identificação do setor;
  • Identificação da missão;
  • Explicação dos motivos que tornam a ideia inovadora;
  • Identificação dos mercados potenciais;
  • Abordagem sobre os pontos fortes e pontos fracos do projeto;
  • Identificação do que poderá ser o atrativo para investidores;
  • Explicação sobre os recursos humanos e investimentos necessários para levar a cabo o projeto;
  • Abordagem sobre as qualidades relevantes dos empreendedores para o projeto;
  • Abordagem da margem de tempo que poderá decorrer até o projeto começar a criar resultados líquidos positivos.

Apresentação do criador e do projeto

Como fazer um plano de negócios em que consiga vender bem a sua ideia? Aproveitando o tópico da Apresentação do criador e do projeto, onde deverá inserir informações sobre seu histórico pessoal, entre elas a sua formação e educação, a experiência tida em projetos anteriores e que equipa tenciona incluir no projeto. Todos estes dados serão levados em conta por possíveis financiadores e investidores.

Contextualização do mercado e da envolvente externa

Para ter sucesso no seu negócio, é necessário adquirir bons conhecimentos sobre o mercado relacionado com a área onde se pretende lançar, uma vez que este é um passo muito importante. Como tal, deverão ser incluídas no plano informações como:

  • Caracterização do mercado;
  • Desenvolvimento do mercado;
  • Concorrência;
  • Tipologia de clientes.

Se for necessário, contacte empresas de análise de mercado para conseguir reunir estas informações.

Definição de metas e objetivos

Não é possível traçar um bom plano de negócios sem incluir metas e objetivos. Estes deverão estar bem definidos para que consiga atrair financiadores.

Estratégia comercial

Estabelecer este tipo de estratégia é fundamental e fácil de elaborar após ter percebido concretamente as necessidades dos clientes do mercado a que o plano de negócios se destina. É neste tópico que deve:

  • Identificar os clientes;
  • Definir o público-alvo;
  • Definir os meios a utilizar para potenciar as vendas;
  • Criar suportes para a realização da estratégia de imagem e comunicação;
  • Formação da equipas de vendas.

Elaboração de previsões financeiras

Estas previsões deverão conter as projeções de break even, nome dado ao momento a partir do qual um projeto deixa de perder dinheiro e começa a gerar receitas, recuperando assim o capital investido. Não se esqueça também de incluir projeções de cash flow, de vendas e de financiamento, bem como documentos que justifiquem os custos com a equipa envolvida no negócio e outros serviços externos que sejam imprescindíveis para o negócio.

Controlo e gestão do negócio

Outra maneira de atrair investidores é mostrar rigor e segurança nos números e estratégia do plano. Uma das mais-valias para saber como fazer um plano de negócios é ter conhecimento sobre algumas ferramentas de software que ajudem na sistematização da informação.

Investimento necessário

É neste tópico que deve escrever quanto custa o investimento do seu negócio e como cumprir os objetivos do mesmo, o que pode ser feito através da planificação das amortizações, por exemplo. É essencial estabelecer prazos para definir melhor o período do investimento ligado ao negócio.

Anexar documentos e outra informação

Depois de ter colocado no seu plano de negócios todas as informações referidas anteriormente, é importante que use este último tópico para adicionar mais dados que possam reforçar a mais-valia do seu negócio, como por exemplo a inclusão de especificações técnicas sobre produtos, documentos financeiros que suportem toda a previsão de custos e de vendas, currículos dos promotores da ideia, entre outros.

CARACTERÍSTICAS FUNDAMENTAIS DE UM PLANO DE NEGÓCIOS

Se quer saber como fazer um plano de negócios que o leve ao sucesso, deve aprender que este documento deve conter as seguintes características:

  • Ter uma estrutura organizada;
  • Ter um aspeto profissional;
  • Ser original e criativo;
  • Ser de leitura fácil;
  • Ser objetivo;
  • Conter metas concretizáveis;
  • Indicar as pessoas responsáveis;
  • Evidenciar a qualidade dos elementos da empresa;
  • Ter uma abordagem focada no mercado alvo;
  • Apresentar orçamentos detalhados;
  • Mostrar um bom planeamento a nível financeiro;
  • Conter bons documentos de previsão;
  • Referir os riscos de negócio;
  • Ajudar a colocar o plano em prática de forma fácil;
  • Ser um plano de negócios com estimativas e projeções realistas.

É importante que o documento passe por uma revisão crítica, ou seja, deve mostrá-lo a pessoas próximas ao negócio que lhe possam dar críticas construtivas e fundamentadas, de forma a corrigir e assim melhorar o seu plano de negócios em alguns aspetos antes de concluir definitivamente a elaboração do mesmo.

Evite erros que possam ser fatais para o negócio

Não caia no erro de elaborar um plano de negócios demasiado extenso, uma vez que se tornará aborrecido e provavelmente disperso na informação. O aconselhável é que este documento não ultrapasse o limite de 50 páginas. Evite também a realização de previsões financeiras irrealistas, o que significa que não deve fazer grandes projeções a longo prazo.

Recorde-se que um dos principais objetivos do plano é conseguir obter financiamento para a sua ideia ser posta em prática, por isso não deite tudo a perder com a elaboração de uma mau plano de negócios.

Perguntas que devem ser feitas após a elaboração do plano

Será que já aprendeu mesmo como fazer um plano de negócios que o leve ao sucesso? Para saber a resposta, terá de testar o seu plano quando o tiver concluído, ao fazer perguntas a si próprio, entre elas:

  • Quem são afinal os empreendedores deste projeto e qual a reputação que cada um tem a nível profissional e pessoal?
  • Escolhi bem a minha equipa para este tipo de projeto?
  • Como podemos responder aos fatores de risco do negócio?
  • Este plano é realista nos objetivos traçados?
  • Poderá este documento ajudar-me a observar potenciais riscos futuros?

Se tiver conseguido responder a todas estas perguntas de forma fácil e positiva significa que o seu plano de negócios está pronto para ser partilhado com possíveis parceiros ou investidores. Boa sorte!

Fonte: e-konomista.pt, 15/06/18